Ministra da Justiça em entrevista: É preferível que Carlos Alexandre e Ivo Rosa deixem de ser uma dupla

Em entrevista, Francisca van Dunem admite a “necessidade de mais juízes” no Tribunal Central de Instrução Criminal.

A Associação Sindical de Juízes propôs ainda o aumento do número de magistrados judiciais no Tribunal Central de Instrução Criminal, onde estão apenas Carlos Alexandre e Ivo Rosa. Parece-lhe bem?
Admito a necessidade de mais juízes. A versão inicial da estratégia não referia esse aspecto, mas depois da discussão pública incluímos a possibilidade de alterar o actual modelo. Será seguramente necessário fazê-lo, porque há uma percepção de personalização das decisões judiciais ali tomadas e de alguma polaridade sobre a forma como cada um dos juízes interpreta a sua função. É fundamental acabarmos com uma dualidade que faz com que se pense que se a decisão for tomada por um dos juízes vai num sentido e se for pelo outro é no sentido oposto.