Agora que há computadores em casa de Júlia, o televisor até está desligado da tomada

Há um ano foi preciso instalar a TDT para que Catarina, Rodrigo e Gonçalo pudessem acompanhar a Telescola. Desta feita, e enquanto não voltam à escola, os três irmãos de Cabeceiras de Basto têm aulas por videoconferência.

Foto
“Com o método do ano passado, os pais não iam conseguir aguentar”, diz Júlia Campos. “Este ano não tem nada a ver com o ano passado, nem pensar” Paulo Pimenta

Catarina sorri para a mãe, enquanto aponta para o computador: “Pensei que estava atrasada, já passa da hora.” Do outro lado do ecrã, está apenas o professor de Português, que lhe dá as boas-vindas. Foi a primeira aluna a chegar. Os restantes colegas demoram ainda longos minutos para entrar na sala de aulas virtual – quase a conta-gotas.