Mais 13 mortes e 384 casos de covid-19. Norte, Algarve e ilhas sem mortes

Mais 1173 pessoas recuperaram da doença. Há 213 internados em Cuidados Intensivos – o número mais baixo em quase cinco meses.

Foto
Manuel Roberto

Portugal registou, esta segunda-feira, 13 mortes por covid-19 e 384 casos de infecção pelo coronavírus SARS-CoV-2. Os dados constam do boletim epidemiológico da Direcção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta terça-feira. Desde o início da pandemia, já morreram 16.707 pessoas em Portugal devido à covid-19 e o número de contágios ascende aos 814.897 casos.

A DGS reporta também uma descida no número de doentes internados, menos 41 que no dia anterior, para um total de 955 hospitalizações.

Também os internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) continuam a descer, registando-se um total de 213 hospitalizações – o número mais baixo em quase cinco meses  naquelas unidades, menos 18 que no domingo. O número de doentes internados em UCI já não era tão baixo desde o dia 22 de Outubro de 2020, quando se registavam 198 internamentos naquelas unidades. 

Ainda segundo o boletim da DGS, há mais 1173 pessoas recuperadas da doença, num total de 762.961. Excluindo estes casos e os óbitos, há 35.229 casos activos em Portugal, menos 802 do que no dia anterior.

O índice de transmissibilidade do país fixa-se nos 0,83. Se considerarmos apenas o território continental, o R(t) desce para os 0,79. Também a incidência a 14 dias por 100 mil habitantes segue esta tendência: a média nacional é de 96 novos casos, com Portugal Continental a registar 84,2 novas infecções. O país mantém-se, por isso, na zona verde do “semáforo” apresentado pelo primeiro-ministro, António Costa. 

De acordo com a DGS, os valores da matriz de risco são iguais aos desta segunda-feira e serão actualizados às segundas, quartas e sextas-feiras, aquando da actualização do R(t). 

Norte, Algarve e ilhas não somaram mortes 

Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a região do país com o número mais elevado de infecções activas, somando 147 casos. O Norte é a segunda região com mais casos activos, mais 127. No Centro verificaram-se mais 64 infecções, 13 no Algarve e sete no Alentejo. Nos arquipélagos portugueses, foram reportados mais 15 casos nos Açores e 11 na Madeira nesta segunda-feira. 

A região de Lisboa e Vale do Tejo contabiliza mais oito vítimas mortais. No Centro somam-se quatro mortes associadas à covid-19 e no Alentejo mais uma. O Norte, o Algarve, os Açores e a Madeira não registaram óbitos. 

Esta segunda-feira morreu um homem com idade entre os 40 e os 49 anos e duas mulheres na faixa etária dos 50 aos 59 anos. O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.