Gelados Olá castiga trabalhador por fazer greve: violou o decoro social

Firma da multinacional Unilever recorreu duas vezes de sentença judicial, mas acabou condenada sem apelo nem agravo.

Foto
EFFE.NEWS

Um trabalhador da fábrica de Gelados Olá, marca da multinacional Unilever que tem como missão “inspirar e irradiar a vida dos portugueses de alegria e felicidade”, foi punido pelos patrões por ter resolvido fazer greve ao trabalho no feriado em que se comemora a revolução dos cravos, a 25 de Abril de 2018.

Sugerir correcção
Ler 21 comentários