O que tem de especial o medicamento de que Constança precisa?

Tal como o nome indica, o Kaftrio conjuga três fármacos diferentes para tratar da fibrose quística com elevada eficácia. O tratamento custa cerca de 200 mil euros por ano e é para a vida toda.

Foto
A fibrose quística é uma doença genética rara que afecta cerca de 400 pessoas em Portugal DR

O medicamento que levou Constança Bradell a fazer um desesperado apelo nas redes sociais e que, de um dia para o outro, passou a ser conhecido por milhares de pessoas tem várias características especiais. O Kaftrio é o único fármaco disponível que demonstrou ser altamente eficaz em 80% dos doentes com fibrose quística (FQ), mas que ainda não foi aprovado pelo Infarmed em Portugal. O tratamento baseia-se na toma de dois comprimidos de manhã e um à noite, todos os dias, sendo que neles estão “misturados” três fármacos distintos que conseguem abrir “três portas” para tratar a doença.