Por vezes, “menos é mais”: as modas do fitness aos olhos de profissionais

Quando o objectivo é perder peso e massa gorda, há muitas “receitas” ditas essenciais na Internet. Desde a ideia que é preciso correr em jejum até dormir mais, passando por treinos curtos, rápidos e intensos criados para queimar gordura - alguns demoram apenas quatro minutos!

Há alguma verdade nas modas? Para perceber o que valem as diversas tendências do fitness, ouvimos neste episódio os fisiologistas Alexandra Monteiro, Nuno Teixeira e Paulo Pires. Estes três profissionais de exercício explicam, entre outras coisas, porque é que os hidratos de carbono são amigos do treino, como é que qualquer pessoa pode desafiar o corpo a ir mais além e porque é que as sestas podem ser uma opção interessante.

“Obviamente que uma das palavras mais comuns num profissional de exercício físico será sempre ‘depende'”, reforça Nuno Teixeira responsável por algumas aulas de alta intensidade leccionadas em cadeias de ginásio portuguesas. Mas depende, então, de quê? “Da idade do indivíduo, da condição física, do género”, por exemplo.

No final da conversa, há ainda tempo para investigar os quizzes da Internet que classificam os corpos das pessoas como mesomorfos, ectomorfos ou endomorfos. Sabia que essas categorias não têm nada que ver com dieta ou exercício? No Vitamina P, exploramos como uma teoria da década de 1940 sobre a personalidade das pessoas se tornou uma moda da Internet. Fique para ouvir!​

Subscreva o Vitamina P na Apple Podcasts, Spotify, SoundCloud ou outras aplicações para podcasts.

Conheça os podcasts do PÚBLICO em publico.pt/podcasts.