Fotogaleria

Punhos erguidos e bandeiras vermelhas: comunistas celebram 100 anos de PCP

Distanciamento físico marcou a marcha da JCP pela Baixa de Lisboa e o comício de Jerónimo de Sousa no Rossio. No Porto também se celebrou o centenário do PCP.

Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos

Uma marcha pela Baixa de Lisboa, onde cerca de cem jovens militantes comunistas visitaram locais emblemáticos para os 100 anos de história do partido. Um comício no Rossio, onde o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, pediu mais "luta" e recusou o estatuto de bengala do PS.

Bandeira e punhos erguidos também nos Aliados, no Porto. Foi assim que os comunistas portugueses assinalaram este sábado o centenário do seu partido - respeitando o distanciamento decretado como medida de prevenção da covid-19, mas fazendo na rua a festa possível do PCP. Por todo o pais - continente e ilhas -, foram cem as acções que o partido organizou para comemorar outros tantos anos.

Nuno Ferreira Santos
Nuno Ferreira Santos
Nuno Ferreira Santos
Nuno Ferreira Santos
Nuno Ferreira Santos
Nuno Ferreira Santos
Nuno Ferreira Santos
Nuno Ferreira Santos
Nuno Ferreira Santos
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Sugerir correcção