Vivam os comunistas!

O PCP conseguiu o que fez – e está agora a fazer – porque trabalhou para ajudar quem precisava – e continua a precisar – de ajuda. De nenhum outro partido português se pode dizer isto.

A primeira coisa a dizer ao Partido Comunista Português não é parabéns: é obrigado. O ser humano é ingrato e a variante portuguesa é conhecida por ter horror à gratidão (e ao elogio) em todas as formas, mas gostava que os mais ingratos dessem uma vista de olhos pelas coisas que o PCP defende e fizesse uma lista daquelas com as quais não concorda.