Polícia Militar brasileira detém jovem por mensagem contra Bolsonaro no Twitter

Depois de ouvir um rumor de que Jair Bolsonaro iria visitar a sua cidade, João Reginaldo Silva Júnior pôs uma mensagem no Twitter a perguntar se alguém queria ser herói nacional. A Polícia Militar bateu-lhe à porta por razões de segurança nacional.

Foto
Reuters/UESLEI MARCELINO

Depois de ouvir um rumor em Uberlândia, a cidade de Minas Gerais onde mora, de que o Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, estaria ali no dia seguinte, João Reginaldo Silva Júnior, de 24 anos, pegou no telemóvel no trabalho, na tarde de quarta-feira, e publicou no Twitter: “Gente, Bolsonaro em Udia [Uberlândia] amanhã... Alguém fecha virar herói nacional?”.