Desempregados subsidiados aumentaram 49% em ano de pandemia

Subida do número de subsídios pagos ficou a dever-se ao aumento do desemprego e às medidas que permitiram prolongar os subsídios de desemprego por causa da pandemia. Anulações de subsídios recuaram 54%.

Foto

Em ano de pandemia, o número de desempregados subsidiados registou uma subida de 49%, interrompendo a tendência de queda a que se assistia desde 2017. A média mensal de desempregados subsidiados em 2020 foi de 189.200 pessoas, revela o relatório de actividades da Comissão de Recursos do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) que aponta também para o aumento de 30% do desemprego registado (para 375.150 pessoas).