Autoridades luxemburguesas procuram jovem desaparecida há mais de duas semanas

A rapariga desaparecida foi vista pela última vez em 13 de Fevereiro pelas 18h15 locais e tem “1,60 metros de altura” e é “muito magra”, com “olhos castanhos e cabelo castanho até aos ombros”.

Foto
REUTERS/YVES HERMAN

As autoridades do Luxemburgo anunciaram esta segunda-feira que uma rapariga luso-descendente de 15 anos continua desaparecida, depois de ter sido vista pela última vez a 13 de Fevereiro.

Segundo o portal da estação de televisão luxemburguesa RTL, a polícia, que inseriu a jovem na lista de pessoas desaparecidas em 26 de Fevereiro, assinalou esta segunda-feira que continua sem saber do paradeiro da luso-descendente.

De acordo com as autoridades luxemburguesas, Ana de Lima Vermeir, de 15 anos, foi vista pela última vez em 13 de Fevereiro pelas 18h15 locais (17h15 em Lisboa) na rua de Cimetière, em Bonnevoie.

O portal 116000.lu descreve que a luso-descendente tem “1,60 metros de altura” e é “muito magra”, acrescentando que esta tem “olhos castanhos e cabelo castanho até aos ombros”. Na última vez que foi vista antes do desaparecimento, Ana de Lima Vermeir vestia umas calças de fato de treino e um casaco, ambos pretos.

As autoridades estipulam que a jovem esteja em Gare, na cidade do Luxemburgo, Ettelbruck ou em Heiderscheid. As autoridades pedem também que qualquer informação sobre o paradeiro da jovem seja fornecida ao departamento policial da Cidade do Luxemburgo (+352 255 50 1000) ou para os serviços de emergência (113).