“Cuidado que é o meu anel de noivado e tem a cor dos meus olhos”

Viveu a cantar e a dizer poemas. Tinha talento para o piano, mas dedicou-se à família. Foi uma das muitas mulheres portuguesas que tiveram que cuidar de quem voltou da Guerra Colonial. O P2 tem agora uma página regular de obituário. De forma simbólica, nos próximos dois meses, lembraremos pessoas que nos deixaram por causa da covid-19.

Foto

Helena Candeias (06/03/1923-03/02/2021)