Gostavas de estudar fora? A Study Abroad tira dúvidas numa feira virtual

Os estudantes portugueses que ambicionam uma experiência internacional vão continuar a ter acesso à feira da Study Abroad, ainda que não presencialmente. Este ano, o evento regressa com um novo formato – uma feira virtual que se realiza este sábado, 27 de Fevereiro.

Foto
Buro Millennial

A Study Abroad Portugal regressa este sábado, 27 de Fevereiro, com um novo formato, ajustado à actual situação pandémica. Ao contrário dos anos anteriores, não será preciso sair de casa para marcar presença no evento anual da Feira Study Abroad Portugal. O evento é gratuito, sendo apenas necessário registo prévio no site, e decorrerá das 11h às 18h. Não é necessária a instalação ou download de qualquer aplicação para aceder à plataforma da feira.

No evento digital é possível encontrar ofertas nas seguintes áreas: ensino superior (licenciaturas, mestrados e pós-graduações), cursos de línguas, cursos de verão, ensino secundário ou estágios internacionais.

Esta feira virtual pretende ajudar os estudantes a encontrar a informação que necessitam para estabelecer os seus objectivos, traçar caminhos e abraçar novas experiências. 

Foto
Study Abroad Portugal

Para Ângela Pereira, co-fundadora e directora da Study Abroad Portugal, “estudar no estrangeiro parece, para muitos, algo fora de alcance”, sendo o objectivo principal desta feira virtual “mostrar que há diversas oportunidades de estudos e para todos.”

“Há uma dificuldade de acesso à informação” acerca das “oportunidades para estudar no estrangeiro, que custos é que implicam.” A co-fundadora da empresa sublinha que existe uma “falsa ideia de que só pessoas com possibilidades financeiras” conseguem ir estudar para o estrangeiro. No entanto, assegura, “não é tanto assim”, havendo “uma série de possibilidades, dependendo dos países e das universidades”, que se encontram acessíveis a todos.

Neste evento digital marcam presença instituições do Reino Unido, Dinamarca, Espanha e Estados Unidos da América, entre outros países. A feira virtual permite o contacto directo com os representantes das instituições presentes, através de videochamada, troca de mensagens via chat, oferta de webinars, entre outros, e os estudantes podem esclarecer quaisquer dúvidas ou deixar contactos para comunicação futura.

Ângela Pereira considera ainda que “apenas quem se souber adaptar ao mercado de trabalho sairá vencedor” e está provado que qualquer experiência internacional enriquece a carteira de competências pessoais do portefólio de qualquer candidato. As feiras Study Abroad em Portugal decorrem desde 2015. Este ano, pela primeira vez, o evento é online.

Texto editado por Ana Maria Henriques