V. Guimarães regressa aos triunfos frente ao Boavista

Vitorianos foram obrigados a recuperar de uma desvantagem, em reviravolta operada com os golos de Rochinha e André André.

Foto
LUSA/FERNANDO VELUDO

O V. Guimarães venceu, esta sexta-feira, o Boavista, por 2-1, em partida de abertura da 21.ª jornada da I Liga, realizada no Estádio D. Afonso Henriques, regressando aos triunfos após travessia de cinco jornadas em que empatou três jogos e perdeu dois.

Rochinha (39') e André André (63’ de g.p.) operaram a reviravolta no marcador depois de o Boavista ter chegado à vantagem por Ricardo Mangas (17'), colocando enorme pressão sobre a equipa minhota, que agora aguardará pelo desfecho do Santa Clara-Paços de Ferreira para saber se os “castores” serão capazes de repor a diferença de seis pontos para os vitorianos, sextos classificados, com 35 pontos, a três dos pacenses, mas com um jogo a mais. 

Depois de uma entrada em que suportou o assédio dos locais, respondendo com um golo em lance de bola parada, o Boavista viu gorar-se uma boa oportunidade para chegar ao terceiro jogo consecutivo a pontuar, depois do empate no Dragão e da vitória sobre o Moreirense, acabando por complicar a situação classificativa, correndo o risco de cair para o último lugar da tabela, com 18 pontos.

O Boavista acabou por ver o Vitória dar a volta ao jogo num penálti de Ricardo Mangas. Os vimaranenses tiveram ainda uma oportunidade de golo por Estupiñan antes de o Boavista ter tentado chegar ao empate, tendo enviado uma bola ao poste já no período de descontos.