Em risco de perder imunidade, Puigdemont pede ao Parlamento Europeu para não ceder à “pressão espanhola”

Após recomendação de uma comissão, Parlamento Europeu vai decidir em Março sobre o levantamento da imunidade ao ex-presidente do governo catalão e aos outros dois eurodeputados independentistas acusados pela Justiça de Espanha.

catalunha,mundo,justica,espanha,europa,parlamento-europeu,
Fotogaleria
Carles Puigdemont, ex-presidente do governo catalão e actual eurodeputado JOHANNA GERON/Reuters
catalunha,mundo,justica,espanha,europa,parlamento-europeu,
Fotogaleria
Comín, Puigdemont e Ponsatí participaram numa conferência de imprensa no Parlamento Europeu, em Bruxelas JOHANNA GERON/Reuters

“Lutaremos até ao fim”, afiançou esta quarta-feira Carles Puigdemont, reagindo à votação, da véspera, na Comissão dos Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu, da qual resultou a recomendação ao plenário do levantamento da imunidade parlamentar do ex-presidente do governo da Catalunha e de Toni Comín e Clara Ponsatí, os outros dois eurodeputados acusados pela Justiça espanhola de envolvimento no processo independentista catalão.