Tiger Woods com múltiplas fracturas após grave acidente de viação

O golfista, que teve de ser desencarcerado, sofreu “fracturas expostas e cominutivas”, estando “a reagir e a recuperar no seu quarto de hospital” em Los Angeles.

tiger-woods,celebridades,impar,acidentes,modalidades,golfe,
Fotogaleria
Reuters/KNBC
tiger-woods,celebridades,impar,acidentes,modalidades,golfe,
Fotogaleria
Reuters/KNBC
tiger-woods,celebridades,impar,acidentes,modalidades,golfe,
Fotogaleria
Reuters/MARIO ANZUONI
tiger-woods,celebridades,impar,acidentes,modalidades,golfe,
Fotogaleria
Reuters/MARIO ANZUONI

O golfista norte-americano Tiger Woods, de 45 anos, sofreu, esta terça-feira, um aparatoso acidente de viação em Los Angeles, Califórnia, e encontra-se hospitalizado em estado grave.

O acidente ocorreu às 7h12 (15h12 em Portugal), entre Rolling Hills Estates e Rancho Palos Verdes, refere o comunicado emitido pelas autoridades.

“O veículo seguia em direcção norte, para Hawthorne Boulevard, na Blackhorse Road, quando se despistou e capotou”, referem as autoridades, adiantando não haver outras viaturas envolvidas.

Tiger Woods era o único ocupante do carro, tendo sido retirado pelos bombeiros com a ajuda de um desencarcerador, socorrido pelos paramédicos de Los Angeles County e transportado ao hospital local, explicaram as autoridades.

Mark Steinberg, agente de Tiger Woods, confirmou à Golf Digest que o atleta esteve envolvido num acidente de viação, de que resultaram “múltiplas lesões nos membros inferiores”, o que levou Woods ao bloco operatório para ser submetido a cirurgia.

Entretanto, uma actualização dá conta de que o golfista sofreu “fracturas expostas e cominutivas” tanto na parte superior como inferior da tíbia e fíbula da perna direita, bem como danos nos ossos do tornozelo e traumatismos nos músculos e tecidos moles da perna. Uma fractura cominutiva é quando um osso se parte em múltiplos fragmentos, e uma fractura aberta sugere que o osso rasgou a pele.

De acordo com um comunicado publicado, durante a madrugada, nas contas de redes sociais de Tiger Woods, o atleta "está acordado, a reagir e a recuperar no seu quarto de hospital​", depois de as “fracturas expostas cominutivas" terem sido “estabilizadas”. Já as “lesões adicionais nos ossos do pé e tornozelo foram estabilizadas com uma combinação de parafusos e pinos”, enquanto os “traumatismos nos músculos e tecidos moles da perna exigiram uma libertação cirúrgica da conversão dos músculos para aliviar a pressão devido ao inchaço”.

Tiger Woods (n. 1975, Cypress, Califórnia, EUA)​ é um dos expoentes máximos da história do golfe, somando 82 títulos no circuito norte-americano PGA e 15 “majors”. Em termos sociais, Woods teve um grande papel no desenvolvimento do golfe para as classes menos envolvidas na modalidade, especialmente entre as minorias nos Estados Unidos. Em 2009, Tiger Woods voltou a fazer história quando a revista Forbes informou que ele se tinha tornado o primeiro desportista multimilionário, arrecadando mil milhões de dólares em patrocínios e prémios.


Notícia actualizada com lesões sofridas pelo golfista e resultado das cirurgias