Spotify lança versão em “português de Portugal”, questionários e subscrição com “qualidade de CD”

A plataforma vai passar a estar disponível em “português de Portugal” e vai ter uma opção, mais cara, para utilizadores que procuram conteúdo com áudio de melhor qualidade.

Foto
A cada sessenta minutos, são carregadas 50 mil horas de conteúdo na plataforma Reuters/Christian Hartmann

O serviço de streaming de música Spotify vai ter uma nova opção — mais cara — para os utilizadores que procuram música com melhor qualidade e vai incluir ferramentas para adicionar imagens, questionários e outras opções interactivas aos podcasts

A plataforma também vai passar a estar disponível em “português de Portugal” e partilhar novidades numa nova página de Instagram dedicada, especificamente, ao público no país.

As mudanças foram anunciadas esta segunda-feira numa apresentação online sobre o futuro da plataforma. “Estamos no meio de uma explosão de criação [de conteúdo] áudio”, justificou Daniel Ek, fundador e presidente executivo da plataforma durante o evento. Ek defende que até 2025 poderão existir mais de 50 milhões de criadores na plataforma.

O serviço Spotify HiFi, que promete “áudio com qualidade de CD”, vai ser um “extra” para clientes que pagam a versão premium do Spotify. Ainda não há detalhes sobre o preço e países onde o Spotify HiFi estará disponível. 

"Áudio de alta qualidade garante mais informações”, argumentou a cantora Billie Eilish durante a apresentação. Eilish defende que há detalhes que passam despercebidos nas suas músicas devido à qualidade do áudio.

Nos próximos dias, o Spotify também deve expandir a sua comunidade de utilizadores ao lançar serviços em 85 novos mercados na Ásia, África, Europa e América Latina. A empresa ambiciona introduzir os seus serviços em mais plataformas, incluindo televisões, colunas e carros nos próximos meses.

A aplicação irmã de criação de podcasts, a Anchor, vai passar a ter ferramentas para adicionar questionários, imagens e comentários em tempo real aos podcasts. Trata-se de uma parceria com a WordPress. Um dos objectivos é dar aos criadores novas formas de monetizar os seus podcasts.

Actualmente, a biblioteca da Spotify inclui 70 milhões de faixas e dois milhões de podcasts. A cada 60 minutos, são carregadas 50 mil horas de conteúdo na plataforma.