Os nomes dos comboios também nos fazem viajar na História

A Alemanha está apostada em recuperar os Trans Europe Express, que eram um hino à Europa ao recordar nomes de pintores, músicos, poetas, filósofos e regiões icónicas do Velho Continente. Carlos Cipriano leva-nos numa volta sobre carris às memórias culturais da Europa.

Foto
O Comboio Presidencial Martin Henrik

Muito antes de ser conhecido pelos intercâmbios universitários, Erasmus já fazia jus ao espírito europeu através do comboio homónimo que atravessava a Alemanha inteira ligando Munique à cidade universitária holandesa de Utrecht e à capital Haia. Foi criado em 1973 e era um das dezenas de Trans Europe Express (TEE) que cruzavam o Ocidente do velho continente.