As 60 mil tulipas de Vila do Conde

Os jardineiros municipais plantaram manualmente os milhares de bolbos e Vila do Conde prepara-se para receber a Primavera: já começaram a florir as primeiras tulipas.

primavera,vila-conde,jardinagem,fugas,porto,ambiente,
Fotogaleria
CM Vila do Conde
primavera,vila-conde,jardinagem,fugas,porto,ambiente,
Fotogaleria
CM Vila do Conde
primavera,vila-conde,jardinagem,fugas,porto,ambiente,
Fotogaleria
CM Vila do Conde
primavera,vila-conde,jardinagem,fugas,porto,ambiente,
Fotogaleria
CM Vila do Conde
primavera,vila-conde,jardinagem,fugas,porto,ambiente,
Fotogaleria
CM Vila do Conde
primavera,vila-conde,jardinagem,fugas,porto,ambiente,
Fotogaleria
CM Vila do Conde
Município de Vila do Conde
Fotogaleria
CM Vila do Conde
primavera,vila-conde,jardinagem,fugas,porto,ambiente,
Fotogaleria
CM Vila do Conde

“Dez anos após a Câmara Municipal de Vila do Conde ter plantado bolbos de tulipas, os jardins e floreiras da cidade vão novamente resplandecer”. É assim que a autarquia anuncia o novo “espectáculo” das ruas da cidade.

Os jardineiros municipais “plantaram manualmente" com “dedicação e rigor”, os “cerca de 60.000 bolbos”, em Dezembro e Janeiro, refere-se. E estes “já começaram a florir”. 

É um prenúncio de Primavera repleto de cores, com tulipas vermelhas, amarelas e laranja, brancas e lilás.

Foto
CM Vila do Conde

As flores estão por todo o lado: na Praça da República, Jardim Júlio Graça, Praça Vasco da Gama, Av. Júlio Saúl Dias/Coutinho Lanhoso e não só. Também podem ser encontradas em floreiras.

As tulipas começam a florir quase ao mesmo tempo que Vila do Conde confirma a manutenção da certificação dos seus espaços verdes e jardins públicos. A auditoria a estes locais foi realizada em Setembro e a câmara informa que recebeu agora o resultado. 

“O Certificado da Qualidade tem como base a mais reconhecida norma internacional da Qualidade ISO 9001, no âmbito da manutenção dos espaços verdes e jardins públicos”, indica-se, sublinhando que esta certificação “constitui o corolário do trabalho municipal desenvolvido na área”.