Clientes de ginásio tentaram escapar à PSP por alçapão

O ginásio foi fechado e as oito pessoas que estavam no interior multadas. Foram verificadas 11 infracções, entre elas a não-utilização de máscara.

Foto
Hugo delgado/Arquivo

A PSP encerrou um ginásio em funcionamento no concelho de Vila Franca de Xira, na terça-feira, 16 de Fevereiro. As autoridades identificaram oito pessoas no interior do estabelecimento, sete das quais tentavam fugir através de um alçapão que dava acesso ao telhado do edifício, informou esta quinta-feira aquela força de segurança, num comunicado enviado às redacções. 

As autoridades interceptaram um cliente e a proprietária numa das entradas do espaço de treino. De acordo com o Comando Metropolitano de Lisboa, “após diálogo estabelecido com a proprietária do espaço, foi efectuada vistoria ao seu interior, tendo sido possível interceptar os restantes clientes no seu interior, que quando se aperceberam da presença da polícia, tentaram dissimular a sua presença”.

“Foram levantados nove autos de contra-ordenação, correspondentes às 11 infracções verificadas”, informa ainda a PSP.

A polícia afirma também que o ginásio estava “em claro incumprimento às medidas decorrentes da declaração do estado de emergência em vigor, nomeadamente, por se encontrarem em violação do encerramento de actividade do estabelecimento”.

Além disso, os cidadãos que estavam no interior não respeitavam o dever geral de recolhimento obrigatório, assim como o uso de máscara.