Importações verbais

Há palavras portuguesas que mereciam ser mais usadas: por exemplo, chorume. Porque há-de estar sempre casada com a palavra estrume?

A semana passada pedi um orçamento a uma fábrica italiana e fiquei espantado quando recebi um preventivo. Não será preferível à palavra “orçamento"?