Uma suíço-turca agarrou na bruma do Pico para filmar o “terror do sagrado”

A curta-metragem Espíritos e Rochas: Um mito açoriano, exibida no Festival de Sundance no final de Janeiro, foi rodado no Pico. Aylin Gökmen explora a religiosidade dos habitantes da ilha e a sua relação com a natureza.

filmes,cultura,cinema,culturaipsilon,acores,religiao,
Fotogaleria
O peso da montanha do Pico, cinzenta e altiva, é presença constante na curta-metragem de Aylin Gökmen DR
filmes,cultura,cinema,culturaipsilon,acores,religiao,
Fotogaleria
O filme, feito para o mestrado em cinema documental, assegurou presença no Festival de Sundance e em Locarno DR

Há no meio do Atlântico um vulcão, maior do que todos os outros, transformado em montanha, a mais alta da nação. Um Pico majestoso, que deu nome à ilha açoriana por ser uma figura omnipresente na vida daquelas gentes. Um símbolo erguido da força da natureza, num território tantas vezes devastado por intempéries naturais, que originaram súplicas divinas.