João tem sempre uma boa razão para dizer “não gostei” a um chef

O que João Teixeira Gomes mais gosta de fazer é identificar talentos e ajudá-los com conselhos úteis. A paixão pela gastronomia é, no fundo, uma paixão por pessoas inteligentes, criativas e com uma ambição boa de fazer melhor.

Foto
João Teixeira Gomes é um apaixonado por gastronomia e restaurantes Nuno Ferreira Santos

Não é de estranhar que um chef fique desconcertado quando, ao perguntar a um cliente se gostou da refeição, receber como resposta um “não”. E, no entanto, é isso que pode acontecer quando João Teixeira Gomes vai a um restaurante. Entenda-se: não é antipatia nem sobranceria. Muito pelo contrário. O que move João é ajudar os outros a fazer melhor, puxar pelo talento que adivinha neles e que, por vezes, não estão a expressar da melhor forma. O que o move é a generosidade e o gosto de, mais tarde, saber que contribuiu para que algo se tornasse melhor.