Take-away e entregas: dez restaurantes tradicionais de Norte a Sul

Cozido? Favas? Moelas? Pezinhos? Ora bem, sem pretensões de eleger as melhores casas do país, eis restaurantes de cozinha tradicional, com serviços de take-away e entregas ao domicílio actualmente disponíveis de norte a sul. Para (re)descobrir já na próxima refeição ou marcar na agenda de um futuro desconfinamento.

Foto
Curva 24 DR

Curva 24 (Vila Real)

Serve refeições e petiscos “de grande abrangência e qualidade”, onde se destacam os “sabores tradicionais e locais”, com destaque para os produtos da região. Agora, em tempo de segundo confinamento, tem implementado um serviço de take-away, inspirado nas clássicas corridas de automóveis que decoram a casa.

De terça a sexta, há #MarmitadoDia, com três sugestões diárias que incluem prato e sopa por 7,50€. Ao fim-de-semana, aceleram-se as propostas para o sábado, #DiadeQualificação, e domingo, #DiadeCorrida, com sugestões de entradas, pratos principais e sobremesas. Acresce ainda a habitual carta, com moura, favas guisadas com chouriço, moelas ou tripas ao molho, bacalhau à Curva ou secretos de porco preto, entre outros.

Avenida da Europa, Edifício Tulipa II, 31 (Vila Real)
Telefone: 912 805 896 ou 259 044 102
Facebook

Foto
Cozinha do Martinho Nelson Garrido

Cozinha do Martinho (Porto)

“O tempo não altera a Cozinha do Martinho”, escrevia José Augusto Moreira no final de 2019, recordando o “cabritinho com arroz de carqueja que chega à mesa numa assadeira e em dois alguidares”, mais as tripas “em púcara de barro vidrado”.

Se não muda a cozinha, vai agora o Martinho a casa dos clientes, que é tempo de portas fechadas para mais um período de confinamento obrigatório. Os menus vão sendo anunciados diariamente na página de Facebook do restaurante e podem incluir iguarias como bacalhau à moda de Braga, Vitelinha com arroz de carqueja, arroz de pato e cozido à portuguesa ao fim-de-semana. Disponível para take-away.

Rua Costa Cabral, 2598 (Porto)
Telefone: 224 961 859 / 919 595 316
Facebook

Foto
Stramuntana – Soto Antigo DR

Stramuntana – Soto Antigo (Vila Nova de Gaia)

Arroz de bucho com grão, tripas, milhos, feijoada, caras de bacalhau ou butelo com casúlas e, a terminar, papas de sarrabulho, entre tantas outras iguarias. É Trás-os-Montes que chega à mesa, com influências do Minho, e barriga farta, servido por Lídia Brás e Fernando Araújo.

As sugestões vão variando, entre a carta e as diárias, anunciadas na página de Facebook. O serviço de entrega ao domicílio é gratuito num raio de quatro quilómetros do restaurante, para encomendas superiores a 20€. “Para outras distâncias, consulte connosco valor da taxa de entrega”, pede-se na rede social. Também está disponível o serviço de take-away, aos almoços e aos jantares.

Rua de Soares dos Reis, 901 (Vila Nova de Gaia)
Telefone: 934 879 228
Facebook

Foto
Manuel Júlio DR

Manuel Júlio (Mealhada)

Com 80 anos de casa, o restaurante em Santa Luzia, na Mealhada, decidiu lançar em Abril um serviço próprio de entregas ao domicílio como forma de contornar a pandemia. Para além do serviço de take-away, as refeições do Manuel Júlio chegam a casa, ao almoço e jantar, num raio de 20 quilómetros. Para encomendar das 11h30 às 14h30 e das 18h30 às 21h.

A ementa é anunciada todos os dias na página de Facebook, com 15 pratos fixos de peixe, marisco e carne e várias sugestões do dia, incluindo entradas, sopas e sobremesas. Por estes dias, ainda há arroz de lampreia, além de uma variedade de pratos tradicionais, como chanfana, sável frito com açorda de ovas ou cabrito assado no forno. E, para o jantar do Dia dos Namorados, há uma carta especial com cinco sugestões de menus de quatro pratos (entre 55€ e 62€).

Estrada Santa Luzia (Mealhada)
Telefone: 239 913 512 ou 919 438 454
Facebook

Foto
Casa Chef Victor Felisberto Miguel Manso

Casa Chef Victor Felisberto (Abrantes)

Nascido na Golegã, com passagem por restaurantes em Espanha e Inglaterra, Victor Felisberto abriu o primeiro espaço em nome próprio em 2018 em Abrantes e, num ano e meio, entrou para o guia Michelin, na categoria Bib Gourmand, que destaca restaurantes pela relação qualidade-preço.

Agora, o menu de cozinha tradicional está disponível para take-away ou entrega ao domicílio e não faltam os enchidos de entrada, bacalhau no forno, arroz de cabidela, naco de vitela assado ou cachaço de porco preto, entre outros pratos de conforto.

Há ainda um novo menu executivo todos os dias, com sopa, prato e sobremesa por 10€; e “preços especiais” para todos os “profissionais de saúde, agentes da autoridade e outros profissionais na linha da frente no combate à covid-19.”

Rua Cana Verde, 8 (Alferrarede – Abrantes)
Telefone: 931 737 898
Facebook
Site

Foto
Restaurante Mil-Homens DR

Restaurante Mil-Homens (Marvão)

Aberto desde 1967 na aldeia da Portagem, em Marvão, o restaurante Mil-Homens mantém o receituário familiar há três gerações, “desde o tempo da avó Maria”, contava à Fugas Hélder Pires, actualmente à frente do espaço.

Agora, o restaurante tem serviço de take-away e entrega ao domicílio, com a habitual carta, e “uma missão social”: “oferece refeições a quem esteja com covid-19 no concelho de Marvão e não consiga garantir uma refeição digna”, anuncia-se no Facebook. “É garantido o total sigilo, assim como a entrega ao domicílio”, garantem. Encerra à segunda.

Rua Nova, 14 (Portagem)
Telefone: 245 993 122
Facebook

Foto
Sugestão de utilização dos Enfrascados do Tombalobos DR

Tombalobos (Portalegre)

José Júlio Vintém já tinha ensaiado a hipótese de vender para fora alguns dos seus petiscos, para além do serviço de take-away, e a pandemia veio dar o empurrão final: em Novembro, nasceram os Enfrascados Tombalobos, “comida alentejana à séria (estamos a falar de coisas como pezinhos de coentrada e orelha de porco, por exemplo), mas que nos chegam dentro de um frasco”, escrevia Alexandra Prado Coelho em Janeiro na Fugas. Dentro dos recipientes de vidro vende-se ainda chispe moreno, perdiz ou fraca de escabeche, frango sacaninha, salada de pato e coelho em molho vilão.

Já o serviço de take-away está disponível de segunda a sexta, das 10h às 17h30, e conta na ementa com cozido de grão, lebre com feijão, borrego ou javali assado no forno e mão de vaca com grão, entre outras iguarias. Na encomenda de 12 croquetes, há ainda oferta de uma cerveja Franziskaner, anuncia-se na página de Facebook.

Rua 19 de Junho, 2 (Portalegre)
Telefone: 245 906 111
E-mail
Facebook

Foto
O Caneira DR

O Caneira (Negrais)

Celebra o 30.º aniversário este ano um dos restaurantes mais conhecidos pelo leitão à moda de Negrais, servido aberto e espalmado. Os serviços de take-away e entrega ao domicílio podem ser encomendados directamente no site do restaurante, com um menu que inclui leitão, claro está, servido com batatas fritas às rodelas (pode escolher a quantidade, o tamanho, pedir molho extra ou que chegue já trinchado a casa), mas também uma variedade de especialidades, incluindo croquetes de leitão, pezinhos de leitão à Caneira, arroz de miúdos, quiches, lasanha, cabrito assado, numa carta muito completa, que vai da sopa às sobremesas.

Disponível de quarta a domingo, enquanto vigorar o período de confinamento, sendo que “as encomendas deverão ser efectuadas de preferência com um dia de antecedência”, pede-se no site. A taxa de entrega na área de Lisboa é de 10€, gratuita para encomendas superiores a 120€.

Avenida General Barnabé António Ferreira 171 (Almargem do Bispo, Negrais)
Telefone: 219 670 905 ou 219 670 853
Site

Foto
O Nobre Rui Gaudêncio/Arquivo

O Nobre (Lisboa)

O restaurante da chef Justa Nobre tem um menu especial de take-away e entregas ao domicílio, com uma selecção de petiscos congelados para fritar ou levar ao forno (leia-se pastéis de massa tenra, rissóis, croquetes e empadas), além da carta de refeições, com pratos de peixe e de carne, entradas, sobremesas e uma selecção de vinhos.

Para quem preferir um prato de conforto, há uma sugestão para cada dia da semana, incluindo feijoada à transmontana (quinta-feira) e cozido à portuguesa (domingo), que poderão alterar (a oferta actualizada é anunciada na página de Facebook).

Avenida Sacadura Cabral, 53B (Lisboa)
Telefone: 217 970 760 ou 969 939 091 ou 969 825 279
Facebook
Site

Foto
Tasca do Celso DR

Tasca do Celso (Vila Nova de Milfontes)

Cozinha alentejana típica e bem confeccionada, a Tasca do Celso já é um clássico na região, habitualmente com casa cheia Verão adentro e fins-de-semana. Em plena pandemia, e segundo período de confinamento, “a necessidade de adaptação é essencial ao crescimento e aprendizagem” e, por isso, o restaurante lança “uma série de propostas de comida de conforto” a rimar com a estação invernosa.

Agora em regime de take-away e entregas realizadas “de acordo com os horários da legislação em vigor”, a Tasca do Celso chega a vários concelhos da região (V. N. de Milfontes, Porto Covo, Cercal do Alentejo, São Luís, Longueira / Almograve, Odemira, São Teotónio e Zambujeira do Mar). São vário os pratos que se podem encomendar, anunciados diariamente na página de Facebook, sendo que “qualquer outro prato” da carta habitual está “disponível mediante encomenda e de acordo com a disponibilidade existente. O serviço de refeições está disponível de terça a domingo, das 12h às 14h30 e das 18h30 às 21h.

Rua dos Aviadores, 37 (Vila Nova de Milfontes)
Telefone: 968 749 630 ou 283 996 753
Facebook