Escolas acolheram milhares de alunos no primeiro dia de ensino à distância

Número é superior ao do primeiro confinamento e deverá aumentar até ao final da semana, antecipam directores e pais. Alunos queixam-se de problemas técnicos e dizem que professores “ainda não estão habilitados para este regime”.

Foto
LUSA/NUNO ANDRÉ FERREIRA

Milhares de estudantes estiveram presencialmente nas escolas no primeiro dia de ensino à distância. A maioria são filhos dos trabalhadores essenciais ou alunos com necessidades educativas especiais, mas também há casos em que o regresso ao seu estabelecimento de ensino foi motivado pela falta de condições para acompanhar as aulas online. O número é superior ao do primeiro confinamento e vai aumentar até ao final da semana, antecipam os directores e os pais.