Palmanhac: as bebidas espirituosas dos Kazumyan juntam a fruta de Setúbal ao saber arménio

Uma família da Arménia encantou-se com Palmela e está a produzir aguardentes e “vinho de fruta” com as laranjas, os limões e os morangos comprados aos pequenos produtores da região.

Foto
Robert e Rafael Kamuzyan na sua destilaria/adega Nuno Ferreira Santos

Quando o casal arménio Robert e Karine Kazumyan chegou a Palmela, uma das coisas que lhes chamou a atenção foi a quantidade de laranjas e limões que enchiam as árvores. A filha casara-se com um português e eles tinham vindo conhecer o país. O que encontraram encantou-os e decidiram que era aqui que queriam viver. E a história que hoje têm para contar tem tudo a ver com laranjas e limões.