Esta quinta aluga cabras para invadirem reuniões online. E já angariou 50 mil libras

A Cronkshaw Fold Farm, em Inglaterra, está a alugar cabras para aparecerem em reuniões virtuais. A brincadeira já gerou 50 mil libras à quinta, mas há críticas à utilização de animais para ganhar dinheiro.

Foto
Nandhu Kumar/Unsplash

Imagina uma reunião online: roupa formal do tronco para cima, pijama debaixo da secretária. Mais um dia no escritório. Até que, de repente, do outro lado aparece... uma cabra.

A Cronkshaw Fold Farm, uma quinta em Lancashire, Inglaterra, está a alugar as suas cabras para aparecerem em reuniões online de diversas plataformas: Zoom, Teams, Skype, Google Hangouts ou outras que não estejam na lista do site, mas que podem ser solicitadas pelo cliente.

A ideia nasceu “como uma piada”, mas tornou-se imediatamente num sucesso. À BBC, Dot McCarthy, que assumiu a gestão da quinta há cinco anos, disse que publicitou a ideia no site em Abril de 2020, no início do confinamento, “só para fazer as pessoas rirem”, mas, no dia seguinte, acordou com 200 emails de clientes interessados.

No site, é possível escolher uma das sete cabras disponíveis para marcar presença numa videochamada: Lulu, Ozyamandias, Lisa, Elizabeth, Lola, Margaret ou Sebastian. A chamada tem a duração de cinco minutos e custa 5 libras (cerca de 6 euros). E foi assim que, desde Abril até agora — e numa altura em que os casamentos e as visitas ao local, as principais fontes de rendimento, se tornaram impossíveis durante a pandemia — foram angariadas mais de 50 mil libras para a quinta.

O montante, assegura Dot McCarthy, permitiu que os dois funcionários permanecessem na quinta a tempo inteiro. Outra parte do dinheiro será utilizada para instalar energia renovável, reduzindo assim a pegada ecológica da Cronkshaw Fold Farm.

Foto
Lola DR
Foto
Lisa DR

Mas nem todos acharam piada à brincadeira: “Usam estes animais bonitos e sensíveis para negócios baratos e depois eles são mortos para comer. Nojento! Contam isto aos vossos clientes?”, indigna-se um utilizador, no Facebook da quinta. “O vosso site diz que vocês criam cabras para carne. Isso é verdade? Estes animais vão ser mortos?”, escreve outro.

No site, lê-se que a Cronkshaw Fol é uma “quinta tradicional”. “Isso significa que não criamos numa escala intensiva industrial, mas, em vez disso, numa escala pequena, amiga do ambiente, com o objectivo de manter a nossa pegada ecológica baixa, enquanto mantemos o bem-estar dos nossos animais e standards de comida o mais altos possível”, escrevem.