Jon Fosse: uma calma e silenciosa perturbação

Meditação melancólica sobre a fugacidade da vida, apresentada de maneira encantatória.

Foto
Manhã e Noite: meditação melancólica sobre a fugacidade da vida Tom Kolstad

Jon Fosse (n. 1959) é um dos dramaturgos vivos mais representados pelos palcos de todo o mundo; mas a extensa obra do norueguês inclui também cerca de uma vintena romances, ensaios, vários livros de poesia, e literatura infantil. O seu nome surge de maneira recorrente na lista dos candidatos ao Nobel. A título de curiosidade: a admiração no seu país é tal, que por decreto real lhe foi atribuída uma residência honorária no Palácio Real de Oslo.