A primeira grande crise pós-“Brexit” está a começar na ilha irlandesa

Reino Unido exige extensão do período de tolerância para os controlos fronteiriços na Irlanda do Norte. Johnson acusa UE de pôr em causa os acordos de paz e admite suspender partes do acordo. Alguns portos suspenderam inspecções por questões de segurança.

Foto
Fronteira invisível entre Irlanda do Norte e República da Irlanda continua a ser o principal obstáculo do processo de implementação do "Brexit" NEIL HALL/EPA

A implementação do protocolo irlandês, anexo ao acordo de saída do Reino Unido da União Europeia, está a abrir caminho para a primeira grande crise pós-“Brexit”, precisamente no local onde se previa que ela viesse a acontecer: na ilha da Irlanda, partilhada entre um Estado-membro da UE (República da Irlanda) e uma nação que integra o Reino Unido (Irlanda do Norte).