Comfort Cakes: Uma “confeitaria afectiva” com sabor a receitas da “vó” e da mãe

Michael Arruda cresceu entre boleiras — e entre bolos de cortar à fatia. As saudades dos sabores de infância fizeram com que se especializasse e fizesse da arte da pastelaria a sua vida. Trouxe-a do Brasil para o Porto, onde madruga para confeccionar minibolos afectivos.

restaurantes,restauracao,gastronomia,fugas,porto,brasil,
Fotogaleria
Michael Arruda, Jefferson Stevanato e um espaço que querem "confortável" como a nossa casa Manuel Roberto
restaurantes,restauracao,gastronomia,fugas,porto,brasil,
Fotogaleria
Manuel Roberto
restaurantes,restauracao,gastronomia,fugas,porto,brasil,
Fotogaleria
Manuel Roberto

Michael Arruda acorda pelas cinco da manhã e caminha durante dez minutos antes de entrar na cozinha, onde diariamente confecciona minibolos afectivos. Cenoura com brigadeiro, banana com creme de avelã, maçã com canela, abóbora com coco e chocolate com pistácio ("hoje foi o que mais vendeu") em formas individuais, bolos “simples” que nos transportam para os “bolos de vó e de mãe”.