Câmara de Castro Verde alvo de 15 queixas por divulgar testes à covid-19 e por querer confinar comunidade cigana

Publicação da autarquia revelou quantas pessoas de etnia cigana tinham tido resultado positivo a teste covid e onde moravam. Associações fizeram queixa. Câmara diz que foi mal interpretada e entretanto reconheceu erro. Secretária de Estado para a Integração não vê “razão para crer que possa ter havido qualquer intento discriminatório” mas critica divulgação de testes.

questoes-sociais,ciganos,direitos-humanos,racismo,igualdade,sociedade,
Fotogaleria
Esta não é a primeira vez que a comunidade cigana é alvo de uma tentativa de cerca sanitária pelas autoridades António Carrapato / Público
questoes-sociais,ciganos,direitos-humanos,racismo,igualdade,sociedade,
Fotogaleria
Post da Câmara Municipal de Castro Verde no Facebook

A Câmara Municipal de Castro Verde publicou no Facebook uma notícia sobre o número de pessoas da comunidade cigana infectadas com covid-19 e o bairro onde habitavam, anunciando que iria estabelecer um plano para “assegurar a fiscalização” do seu “rigoroso confinamento” com a GNR e a Protecção Civil.