Ser Voluntário… no Serviço Nacional de Saúde

Queres fazer voluntariado mas não sabes por onde como começar? A rubrica Ser Voluntário dá uma ajuda.

Foto
Paulo Pimenta

Área geográfica: Nacional
Tema: Saúde

Numa altura em que os números de infectados pela covid-19 aumenta a um número sem precedentes, tal como o número de internados e de pessoas a precisar de cuidados de saúde, a resposta do Serviço Nacional de Saúde (SNS) tem estado a ser colocada à prova e, em muitos casos, em situações limite.

De forma a dar resposta às constantes necessidades, o SNS tem estado a acolher voluntários que, não sendo necessariamente médicos, enfermeiros ou outros profissionais de saúde, possam apoiar, inclusive em coisas que podem ser feitas remotamente.

Assim, se não fores de um grupo de risco, nem morares com alguém que seja grupo de risco, e se estiveres em casa, de boa saúde e sem poder trabalhar, podes ajudar o Serviço Nacional de Saúde no combate à pandemia. É muito importante garantires que tens todas estas condições para te poderes voluntariar, de forma a não colocares outras pessoas em risco.

Qual o impacto do voluntariado no Serviço Nacional de Saúde?
No site dedicado ao apoio covid-19 ao SNS está disponível para consulta um quadro geoespacial, onde é possível ver uma lista anónima de voluntários já em acção. Nesse site existem já 990 voluntários registados.

Como posso ajudar?
Existem várias opções para voluntariado, nomeadamente: apoio geral, análises laboratoriais, apoio clínico, fisioterapia, medicina, psicologia, informática, assistência hospitalar e enfermagem.

O que precisam de mim?
A disponibilidade deve ser referida no momento do formulário da candidatura a voluntário, disponível aqui.