Tuchel já treina e fala como treinador do Chelsea

O forte investimento do Chelsea não foi acompanhado pelos resultados e Tuchel pega, a partir desta quarta-feira, no jogo frente ao Wolverhampton (18h), no décimo classificado da Liga inglesa.

futebol,desporto,chelsea,liga-inglesa,futebol-internacional,
Fotogaleria
DR
futebol,desporto,chelsea,liga-inglesa,futebol-internacional,
Fotogaleria
DR
futebol,desporto,chelsea,liga-inglesa,futebol-internacional,
Fotogaleria
DR

Contratação confirmada, primeiras palavras ditas e primeiro treino orientado. Thomas Tuchel terminou nesta terça-feira todos os passos para se tornar, de plenos poderes, treinador do Chelsea.

Contratado para substituir Frank Lampard, afastado por Roman Abramovich devido aos maus resultados, o treinador alemão, ex-PSG, terá o fardo de orientar a equipa que mais investiu para esta temporada – quase 250 milhões de euros.

O investimento não foi acompanhado pelos resultados e Tuchel, vice-campeão europeu, pega, a partir desta quarta-feira, no jogo frente ao Wolverhampton (18h), no décimo classificado da Liga inglesa.

Nas primeiras declarações como novo técnico dos londrinos, Tuchel foi parco em soundbytes fortes e promessas para os adeptos. “Estou grato por pertencer a esta família e mal posso esperar por competir no campeonato mais entusiasmante do mundo. Quero agradecer ao Chelsea pela confiança em mim”, disparou, sintecticamente.

Mais detalhada foi Marina Granovskaia, directora-desportiva do Chelsea, que explicou ao site do clube que escolheram um dos melhores treinadores da Europa.

“Nunca é fácil mudar de treinador a meio da temporada, mas estamos muito contentes por assegurarmos um dos melhores treinadores da Europa”, começou por dizer. E explicou que a situação desportiva em Janeiro não é irreversível: “Ainda há muito por jogar e conquistar nesta temporada e nas próximas”.