A Escola de Dança no Conservatório Nacional está em pedaços pela cidade de Lisboa

Alunos da Escola de Dança do Conservatório dividem-se entre quatro edifícios para terem aulas da formação geral e artística, em locais exíguos e onde nem banho conseguem tomar. “Esqueceram-se de nós. Deixaram-nos ali pendurados. Queremos voltar a ser uma unidade escolar coesa.”

Foto

“Lembrem-se que não estamos a fazer técnica. Estamos a dançar … expressividade, emoção.” O professor Cyrille de La Barre faz uma pausa entre apresentações para deixar o conselho às alunas. Vai corrigindo a postura, a perna demasiado esticada, o movimento demasiado contido ou então descontrolado. Pede energia, garra, emoção. “Uma interacção honesta nunca pode ser errada.”

Sugerir correcção
Ler 2 comentários