Ensino a distância: presente e futuro

Há anos que defendemos a digitalização das instituições de ensino superior, combatendo a inércia e a falta de uma visão que permita ao país avançar numa área decisiva para a formação das pessoas. Sim, senhor primeiro-ministro, o país precisa de um sobressalto cívico, que abranja todos os portugueses, em tudo o que fazem.

A pandemia que assola o mundo desencadeou um processo de adaptação por parte das instituições de ensino superior ao digital nunca antes visto e o ensino a distância ganhou uma visibilidade extraordinária. É um facto indesmentível que a crise propiciou a mudança e que esta é irreversível.