Covid-19. Pelo menos uma em cada 20 pessoas em Portugal foi infectada

Com os mais recentes números, país conta com 581 mil casos de infecção desde Março. Primeiros 19 dias do ano viram mais de 160 mil. Janeiro com 28% dos casos totais.

Foto
Unidade de cuidados intensivos Rui Gaudêncio/Arquivo

Em Portugal, pelo menos uma em cada 20 pessoas foi infectada com o vírus SARS-CoV-2. De acordo com os mais recentes dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) relativos à população residente, o país tinha à entrada para o ano de 2020 um total de 10.295.909 habitantes. Com os 14.647 casos de covid-19 registados no boletim epidemiológico relativo a terça-feira, foram identificados desde o início da pandemia de 580 mil casos de infecção (581.605) no país, correspondentes a 5,6% da população residente, ou seja, o equivalente a um caso por cada 20 pessoas. 

Esta estatística não tem em conta o número indeterminado de casos assintomáticos que possam não ter sido comunicados às autoridades de saúde, sendo que este balanço pode ser ainda mais acentuado. Também não tem em conta possíveis casos de reinfecção, que são raros.

Esta terça-feira, o país registou novos máximos de casos e óbitos, com 14.647 infecções e 219 mortes. Desde o início de 2021 o vírus já provocou a morte de 2493 pessoas, com o número total de óbitos a fixar-se em 9465. Cerca de 26% de todas as mortes relacionadas com a pandemia aconteceram nos primeiros 19 dias de Janeiro.

Se analisarmos o número de casos, foram comunicadas no mesmo período 160.976 infecções, equivalente a aproximadamente 28% dos casos totais. 

Dos 518.605 casos de covid-19 detectados pelas autoridades desde o início da pandemia, a grande maioria culminou em recuperação. Foram 428.364 as pessoas a conseguirem ultrapassar a doença, número que representa aproximadamente 74% dos casos registados. Só na terça-feira, foram consideradas recuperadas 6493 pessoas. 

No boletim desta quarta-feira identificou-se ainda uma nova subida no número de internamentos e cuidados intensivos. No primeiro capítulo, foram 202 as pessoas que tiveram de dar entrada em hospitais para receberem cuidados de saúde contra o vírus. Dos casos de infecção activos (143.776), aproximadamente 4% diz respeito aos doentes em internamento. Há ainda mais 11 pacientes em unidades de cuidados intensivos, num total de 681 pessoas, correspondentes a 0,5% do total de casos activos.