"O dia da América e da democracia". O primeiro discurso do presidente Biden

Joseph Robinette Biden Jr., 78 anos, é oficialmente Presidente dos Estados Unidos da América. Donald Trump partiu para a Florida, depois de um discurso para familiares, amigos e conselheiros.

Joe Biden garantiu que vai ser o “Presidente de todos os americanos”. “Prometo-vos, vou lutar com com a mesma força por aqueles que não me apoiaram quanto por aqueles que me apoiaram.”

Durante o seu discurso, em que não referiu directamente o nome de Donald Trump uma única vez, identificou os principais desafios que os Estados Unidos enfrentam, nomeadamente a pandemia de covid-19, o racismo e crise económica, e prometeu enfrentá-los com a união de todos os americanos.

“Superar esses desafios, restaurar a alma e garantir o futuro da América exige muito mais do que palavras”, reiterou Biden, “Requer a mais elusiva de todas as coisas de uma democracia: a união”, concluiu.

Perto do final do seu discurso, que durou 23 minutos, Joe Biden pediu um momento de silêncio em homenagem às mais de 400 mil vítimas de covid-19 nos Estados Unidos. Depois, finalizou com a promessa de cumprir a Constituição e servir o povo norte-americano com “propósito e determinação”.

Veja as últimas notícias sobre a tomada de posse de Biden.

Sugerir correcção