De advogado a “segundo cavalheiro”, quem é o marido de Kamala Harris?

Doug Ehmoff conheceu a então procuradora-geral do estado da Califórnia num encontro arranjado por uma amiga. Agora, deixou a carreira de sucesso como advogado para se dedicar a apoiar a tempo inteiro a nova vice-presidente dos EUA.

estados-unidos-america,impar,familia,casamento,amor,eua,
Fotogaleria
Durante a campanha eleitoral de Joe Biden e Kamala Harris, Doug Ehmoff foi presença constante e, aliás, voz activa na luta contra os estereótipos de género na política. Reuters/CARLOS BARRIA
estados-unidos-america,impar,familia,casamento,amor,eua,
Fotogaleria
Kamala Harris e Doug Ehmoff casaram em Agosto de 2014. Reuters/ERIN SCOTT

Sabe quem é Doug Emhoff? Esta quarta-feira, 20 de Janeiro, quando a dupla Joe Biden e Kamala Harris tomar posse como Presidente e vice-presidente dos Estados Unidos, Emhoff tornar-se-á o primeiro “segundo cavalheiro” da nação. De advogado de sucesso a marido da primeira vice-presidente americana, conheça sete curiosidades sobre Doug Emhoff.

1. Foi amor à primeira vista

Como se de uma comédia romântica se tratasse, Kamala Harris e Doug Emhoff conheceram-se em 2013 num encontro arranjado pela melhor amiga da então procuradora-geral do estado da Califórnia. Recentemente, numa entrevista à televisão americana CBS, a vice-presidente admitiu ter procurado no Google o nome do advogado antes do encontro.

Para Emhoff foi logo “amor à primeira vista”, já que na manhã seguinte enviou uma longa e “embaraçosa” mensagem de voice mail a Harris a declarar as suas intenções. A declaração de Doug Ehmoff resultou, dado que no ano seguinte, em Agosto de 2014, o casal deu o nó na conservatória de Santa Barbara em Los Angeles, Califórnia.

2. Pai de Cole e Ella

Quando conheceu Kamala Harris, o advogado de sucesso estava separado há pouco tempo e tinha dois filhos adolescentes, Cole e Ella. Os nomes dos filhos de Doug Ehmoff foram inspirados, de acordo com a Marie Claire, no saxofonista de jazz John Coltrane e na cantora Ella Fitzgerald.

Kamala Harris só quis conhecer os filhos de Doug Ehmoff depois de ter a certeza de que a relação era para durar. “Como filha de pais divorciados, sabia o quão difícil podia ser quando os pais começam a sair com outras pessoas”, justificou Harris em 2019, numa entrevista à revista Elle. “Estava mesmo determinada a não entrar na vida deles até que eu e Doug tivéssemos uma relação estável. As crianças precisam de estabilidade. Não queria ser uma figura temporária para não os desiludir. Não há nada pior do que desiludir uma criança”, revelou a então senadora da Califórnia na mesma entrevista.

Hoje, os enteados são uma referência constante nos discursos de Kamala Harris, ou como a chamam, ‘Momala’: um trocadilho entre as palavras mãe (mom, em inglês) e Kamala. Durante a campanha eleitoral num comício em Wilmington, no Delaware, a então candidata disse que já teve “muitos títulos ao longo da carreira”, mas o que terá “sempre mais significado” é o de ‘Momala’.

3. Advogado de sucesso

Mas o que fazia Ehmoff antes de Kamala Harris se candidatar a vice-presidente dos EUA? Foi director num dos maiores escritórios de advogados dos EUA, o Venable, para depois se tornar sócio num dos maiores do mundo, o DLA Piper. Em Agosto de 2020, anunciou que ia deixar a carreira de advogado e aproveitar o novo tempo de antena enquanto “segundo cavalheiro” para promover o acesso à Justiça das populações mais desfavorecidas.

Durante a campanha eleitoral de Joe Biden e Kamala Harris, Doug Ehmoff foi presença constante e, aliás, voz activa na luta contra os estereótipos de género na política. “Quero ver mais mulheres nos cargos públicos, e quero que mais homens apoiem as suas companheiras e que lhes proporcionem um ambiente de oportunidade para o sucesso”, declarou o advogado, em Outubro de 2020, ao site NowThis News.

4. Um sucesso nas redes sociais

Nas redes sociais, Doug Ehmoff é também apoiante fervoroso da nova vice-presidente. Nas biografias das páginas de Instagram e Twitter do advogado pode mesmo ler-se: “Pai devoto. Marido orgulhoso de Kamala Harris. Embaixador da justiça e equidade.”

No Twitter, onde tem 891 mil seguidores, Ehmoff partilha cada passo da mulher e de Joe Biden. Já na página de Instagram, que soma mais de 618 mil seguidores, são milhares os comentários de apoiantes da nova presidência dos EUA.

5. Judeu com muito orgulho

Doug Ehmoff é judeu, o que durante a campanha eleitoral surpreendeu os apoiantes de Kamala Harris. Durante uma semana, o tópico “marido judeu” esteve nas tendências do Twitter com milhares de casais a partilharem as suas histórias pessoais.

Por ocasião do Hanukkah, uma celebração judaica, o casal partilhou um vídeo no Instagram em que falava do significado da efeméride na sua “grande família moderna”. “Eu adoro o Hanukkah porque é sobre a luz e trazer a luz para onde há escuridão. Há tanto trabalho no mundo para ser feito, para levar a luz”, disse Kamala Harris no vídeo, que conta com mais de 300 mil visualizações.

6. Empregado mês no McDonald’s

Nasceu em Brooklyn, Nova Iorque, mas cresceu em Nova Jérsia. Ehmoff teve aquilo que, num perfil da Marie Claire, a irmã Jamie chamou de infância suburbana, a andar de bicicleta e a jogar basebol. Um dos primeiros empregos do marido de Harris foi na conhecida cadeia de fast-food McDonald’s, onde foi considerado o melhor empregado do mês.

7. Não gostava de política

Antes de conhecer Kamala Harris, Doug Ehmoff não gostava particularmente de política. O marido da vice-presidente disse, em entrevista à revista Marie Claire, que votava por dever cívico, mas que antes era “apenas um advogado com filhos a tentar ganhar a vida”. Foi Harris que convenceu Ehmoff a apaixonar-se pela política e a vê-la com outros olhos. “Não sou demasiado político também. Sou demasiado marido dela”, declarou, com humor, na mesma entrevista.