Ana Gomes e a “implosão revolucionária” na justiça

Candidata teme que os casos BES e Operação Marquês possam estar a caminhar para a prescrição. Vera Jardim entrou na campanha.

Foto
Ana Gomes participou em debate virtual Rui Gaudêncio

Ana Gomes defendeu nesta segunda-feira uma reforma da justiça feita em diálogo com os agentes do sector, mas levada a cabo por “operadores que não venham” daquela área. A candidata chamou-lhe mesmo uma “implosão revolucionária” da justiça.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários