Athletic Bilbau conquista Supertaça de Espanha

Iñaki Williams marcou o golo do triunfo basco, por 3-2, no prolongamento. Messi foi expulso por agressão.

Foto
Messi acabou o jogo expulso Reuters/MARCELO DEL POZO

O Athletic Bilbau conquistou neste domingo a Supertaça de Espanha pela terceira vez na sua história, ao bater na final em Sevilha o Barcelona por 3-2 após prolongamento. Iñaki Williams foi o herói da formação basca, ao marcar o golo que acabaria por ser decisivo para a conquista do troféu e, de caminho, agravar a depressão da formação catalã, que, para além da derrota, ainda teve Lionel Messi expulso por agressão nos instantes finais.

Por duas vezes a equipa de Ronald Koeman esteve em vantagem no jogo, mas não conseguiu segurá-la em nenhuma delas durante muito tempo. Antonie Griezmann colocou o Barcelona em vantagem aos 40, mas o Athletic empatou aos 42’, por Oscar de Marcos, após passe de Williams.

Na segunda parte, Griezmann voltou a colocar o Barça na frente aos 77’, após um cruzamento pela esquerda de Jordi Alba, mas a formação basca voltou a aproveitar as enormes deficiências defensivas dos “blaugrana” em cima dos 90’. Num livre a partir do lado esquerdo, Muniain colocou a bola na área e Asier Villalibre meteu-a na baliza de Ter Stegen.

O jogo seguiu para prolongamento e, aos 94’, Iñaki Williams recebeu a bola de Muniain à entrada da área e arrancou um remate colocadíssimo e indefensável para o alemão que estava na baliza do Barcelona. 

Pouco antes do último apito, Messi viu o cartão vermelho por agressão a Villalibre.