O que nos pode dizer o géiser mais alto do mundo sobre erupções vulcânicas?

Quando o géiser Steamboat se reactivou em 2018, especulou-se que poderia ser premonitório de uma erupção vulcânica em Yellowstone. Uma equipa de geocientistas diz agora que não encontrou provas disso.

Foto
Erupção do géiser Steamboat Mara Reed/Universidade da Califórnia em Berkeley

No Parque Nacional de Yellowstone (nos Estados Unidos), o géiser Steamboat dispara os jactos de água mais altos do que qualquer outro géiser activo. Em Março de 2018, depois de ter estado adormecido nos três anos anteriores, começou uma prolífera sequência de erupções após uma actividade esporádica em 34 anos. Por isso, questionou-se: será que essa sequência é sinal de que virão aí erupções vulcânicas em Yellowstone? Num artigo científico publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), uma equipa de geocientistas não encontrou provas convincentes que indiquem uma grande erupção vulcânica nos próximos tempos na zona desse géiser.

Sugerir correcção
Comentar