Covid-19: Portugal regista novo máximo de mortes: 159. Há mais 10.663 infectados

Esta é a quinta vez que Portugal ultrapassa os 10 mil casos de infecção. Portugal está em confinamento desde a meia-noite para tentar travar a propagação do vírus. Desde o início do ano, foram internadas mais 1754 pessoas (num total de 4560) e nunca houve tantos internamentos como agora.

Morreram 159 pessoas com covid-19, um novo máximo diário no país, segundo os dados divulgados esta sexta-feira pela Direcção-Geral da Saúde (DGS), mas referentes à totalidade do dia de quinta-feira. Há mais 10.663 pessoas infectadas com o coronavírus SARS-CoV-2 (que causa a doença covid-19). São menos 35 pessoas do que na quinta-feira, quando se atingiu um máximo diário de 10.698 infecções detectadas.

Esta é a quinta vez que Portugal ultrapassa os 10 mil casos de infecção, todas essas ocorrências depois do dia 6 de Janeiro. Em dois outros dias, foram registados valores próximos da barreira dos 10 mil: 9927 no dia 7 de Janeiro e 9478 no dia 9. Para tentar evitar a propagação da covid-19 em território português, o Governo decretou um novo confinamento que entrou em vigor às 00h de sexta-feira.

Há mais 192 pessoas internadas do que no dia anterior (são agora 4560) e mais 11 em unidades de cuidados intensivos (num total de 622). Este indicador tem aumentado nos últimos dias e nunca houve tantas pessoas com covid-19 internadas como agora. O número de pessoas internadas tem aumentado consecutivamente desde o dia 1 de Janeiro, altura em que estavam internadas 2806 pessoas. A tendência nos cuidados intensivos também tem sido crescente, mas houve uma descida de 10 para 11 de Janeiro: passou-se de 599 internados em UCI para 596. 

Dos 10.663 novos casos, a maior parte foi registada na região de Lisboa e Vale do Tejo (4280); segue-se o Norte, com 3295 casos; o Centro, com 2041 infecções; o Alentejo, com 577 casos detectados; o Algarve, com 328 novas infecções; a Madeira, com 93 casos; e os Açores, com mais 49 pessoas infectadas.

A maior parte das mortes foi também registada na região de Lisboa e Vale do Tejo (65); foram ainda registados 35 óbitos na região norte; 34 na região centro, 15 no Alentejo; e dez no Algarve. O boletim epidemiológico dá conta que morreu um homem com idade entre os 40 e os 49 anos. A maior parte das pessoas que morrem com covid-19 têm mais de 80 anos. A taxa de letalidade da covid-19 em Portugal é agora de 1,6%. 

Ao todo, são pelo menos 125.861 que estão infectadas neste momento em Portugal. No relatório desta sexta-feira, a DGS informa que 6458 pessoas recuperaram da infecção. Desde o início da pandemia, ficaram infectadas mais de 528 mil pessoas; destas, 8543 morreram e mais de 394 mil recuperaram da infecção causada pelo coronavírus SARS-CoV-2.