Sporting avança para despedimentos

“Leões” estimam poupança de um milhão de euros por ano com o acordo para a saída de 20 pessoas.

Foto
Estádio José Alvalade, em Lisboa LUSA/MARIO CRUZ

O Sporting está avançar com o despedimento de 20 pessoas, segundo avançou nesta quarta-feira o jornal Record, uma notícia confirmada pelo PÚBLICO junto de fonte oficial do clube.

Com este despedimento, o clube estima poupar cerca de um milhão de euros por ano, sendo que esta medida é transversal, atingindo funcionários do clube e da sociedade anónima desportiva (SAD) sportinguista, entre modalidades, administração e comunicação.

O clube justifica esta medida com a necessidade de reduzir custos provocada pela pandemia da covid-19.

Em Abril do ano passado, o Sporting já tinha colocado 95 por cento dos seus funcionários em regime de lay-off, que vigorou durante dois meses.

Na altura, a medida teve como objectivo reduzir os custos com o pessoal em 40% durante a paragem da actividade, e seguiu-se ao acordo com os futebolistas para uma redução salarial de 40% em Abril, Maio e Junho e ao “corte” para metade dos vencimentos dos administradores da SAD “leonina” durante esses três meses.