Os quatro de Miami

Um olhar ficcional sobre um fait-divers verídico entregue a um elenco de primeira água dirigido com desenvoltura; One Night in Miami… é obra decente, escorreita e eléctrica.

Foto
Quatro ícones negros a assumirem a sua vulnerabilidade no meio do momento histórico em que vivem

Em 1964, depois de ter derrotado Sonny Liston em Miami pelo título do campeão do mundo de pesos-pesados em boxe, Cassius Clay (que ainda não mudara de nome para Muhammad Ali) passou a noite na cidade com o activista político Malcolm X, o jogador de futebol americano Jim Brown e o cantor Sam Cooke. O que aconteceu realmente nunca ninguém soube, mas isso não impediu Kemp Powers de pegar nesse fait-divers verídico e imaginar as conversas tidas nessa longa noite por quatro figuras que se tinham tornado, por motivos muito diferentes, símbolos da cultura negra numa América do Norte ainda abertamente segregada.