Antigo Mónaco está à venda e há um projecto para o converter em hotel

Câmara de Oeiras diz aguardar o parecer das Infra-Estruturas de Portugal para apreciar o projecto.

Foto
PEDRO CUNHA

O antigo restaurante Mónaco, em Caxias, Oeiras, está à venda por oito milhões de euros e existe um projecto para convertê-lo num hotel de quatro estrelas.

Devoluto há mais de dez anos, o Mónaco foi um ícone da diversão nocturna na Marginal entre as décadas de 1950 e 1990, um restaurante dançante frequentado por todo o jet-set lisboeta. Esteve encerrado e reabriu em 2008 com um novo projecto que também aliava danças a refeições, mas acabou por fechar portas definitivamente. Em 2013, os quatro herdeiros venderam o restaurante a uma empresa espanhola por cerca de 800 mil euros, mas nada aconteceu entretanto.

O edifício, que deu nome a uma curva da estrada que lhe passa em frente, está abandonado e muito degradado. O projecto apresentado à Câmara de Oeiras prevê a sua conversão num hotel de quatro estrelas com 54 quartos. A concretizar-se, o imóvel ficará irreconhecível para quem o frequentou na sua vida de restaurante: grandes varandas marcam o desenho do arquitecto Pedro Mezia Lopes. A fachada com azulejos virada à Rua Direita de Caxias vai manter-se, mas atrás dela surge um novo bloco, mais alto, para tirar partido das vistas sobre o Tejo.

Um dos agentes imobiliários envolvidos na comercialização do imóvel, Rui Pinto de Sousa, da Coldwell Banker, disse ao PÚBLICO que o projecto de arquitectura está quase a ser aprovado pela autarquia. A Câmara de Oeiras informa que “aguarda ainda o parecer favorável das Infra-Estruturas de Portugal (IP)”, que tem de se pronunciar porque o prédio fica entre a Marginal e a linha do comboio, ambos da sua responsabilidade.