Hotel InterContinental Porto anuncia “encerramento definitivo” do restaurante Astória

O fecho não estará directamente ligado com a crise provocada pela pandemia, segundo o hotel, mas com a criação de “novo projecto” e “novo conceito”. A história do Astória no Palácio das Cardosas parece assim ter chegado ao fim (outra vez). O nome Astória tem uma história na restauração do Porto que remonta a 1932.

hoteis,restauracao,gastronomia,fugas,porto,turismo,
Fotogaleria
O Astória de 2020 DR
hoteis,restauracao,gastronomia,fugas,porto,turismo,
Fotogaleria
O Astória de 2020 DR
hoteis,restauracao,gastronomia,fugas,porto,turismo,
Fotogaleria
O Astória de 2020 DR

Depois de encerramentos como o do Majestic e Guarany (com esperança de regresso) ou da Vida Portuguesa no Porto, um novo adeus: “O capítulo do Astória termina. Um novo livro se inicia”. É assim que o InterContinental Porto resume o final anunciado do restaurante Astória. O espaço fecha portas a 10 de Janeiro e, no hotel, o seu serviço passa a ser assegurado exclusivamente pelo Bar das Cardosas. Mas o hotel deixa ainda a história em aberto, com “a promessa de que o futuro está a chegar”.

Após o encerramento temporário do hotel em 2020, por causa da pandemia, o Astória, pelo chef Paulo Leite, tinha sido reapresentado no Verão, renovado não só em decoração e conceito, mas, surpresa, em novo local do palácio. 

Agora, chega a confirmação oficial do “encerramento definitivo”. O InterContinental não adianta mais razões para a decisão, neste período de sobrevivência difícil para a restauração em geral, focando-se antes no que “virá” depois. "Este fecho será o início de algo novo e muito entusiasmante”, diz Carlos Teixeira, director de restauração do hotel.Estamos a construir um novo conceito e um novo espaço que será único na cidade”, avança, prometendo “algo único, que dê dinamismo à Invicta e que seja, acima de tudo, para os portuenses”.

Foto
A entrada do Intercontinental Porto NFACTOS/Fernando Veludo

O fecho do Astória é o terminar de um ciclo para que se inicie outro ainda mais positivo”, diz por seu lado o director-geral do InterContinental, Vincent Poulingue, em nota de imprensa. Promete-se um investimento “muito grande” num novo projecto, sem mais detalhes. Os donos e toda a equipa do hotel acreditam que melhores dias virão e queremos celebrá-los com algo novo e único”, realça Poulingue.

O Astória é (era) um dos mais luxuosos restaurantes da Baixa do Porto. Depois de uma longa história que remonta a 1932, o Café Astória tinha sido ocupado pela banca nos anos de 1970. Em 2011 regressou incluído no hotel InterContinental, após abertura no restaurado Palácio das Cardosas, mas a abertura causou alguma frustração por ser mais simbólica que um renascimento, com as antigas portas voltadas para a estação de São Bento fechadas e o acesso a parecer mais reservado aos clientes da própria cadeia hoteleira de luxo, com uma pequena esplanada e porta aberta para a Praça da Liberdade.

O hotel renovaria a sua aposta no Astória poucos anos depois, “corrigindo” alguns pormenores e conceito, passando a apostar numa cozinha sobre a matriz portuguesa.

Já em 2020, o Astória voltaria a ser repensado, com novo figurino: abandonou a localização com vista para a Praça da Liberdade e apresentou-se mais descontraído e informal, mas noutra sala do hotel com vista para um logradouro e muita luz natural. No antigo espaço do Café Astória abriu uma loja de produtos informáticos.

Ao fim de tantas vidas, pelo menos por agora, o Astória volta (outra vez) a despedir-se com a chegada de um ano de 2021 ainda pandémico. Mas terá sido a pandemia a encerrar o Astória? À Fugas, um representante da unidade hoteleira garantiu que não, “nada tem a ver com a pandemia”. O hotel não divulga para já mais pormenores do futuro, referindo-se apenas que havendo “menos ocupação” por causa do período que atravessamos, será “mais fácil” fazer agora as obras “sem grandes constrangimentos”. 

Em seu lugar, informa o hotel, vai trabalhar o Bar das Cardosas: reabre, passando a ser o local de almoço e jantar do hotel, com menu executivo ao almoço, menu de jantar, chá da tarde e carta de bebidas sempre à disposição. Aos domingos haverá “menu de comida tradicional portuguesa” ao almoço.