Vitorino com a metáfora das pedras, Ventura com os ciganos

O líder do Chega nunca tratou o seu oponente como adversário, mesmo quando o repetente na corrida a Belém saudou a memória de Mário Soares.

Foto
Pedro Pina/RTP

Foi com uma metáfora, as pedras encontradas numa praia de Peniche, que o candidato Vitorino Silva quis marcar uma diferença com André Ventura no debate desta noite na RTP3.