Morreu João Cutileiro, o escultor que reinventou a identidade portuguesa

Foi um dos grandes nomes das artes do século XX. Morreu na madrugada desta terça-feira, aos 83 anos, confirmou a família ao PÚBLICO.

Foto
João Cutileiro fotografado no seu atelier, em 2005 antonio carrapato/arquivo

Era o escultor de Évora por excelência. Possuía uma oficina onde, nos anos 80, um importante grupo de jovens escultores completou a sua formação. Tomou sobre si a tarefa imensa de revisitar a identidade portuguesa, esculpindo todas as figuras que povoam o imaginário da História nacional. Morreu na madrugada desta terça-feira no Hospital Pulido Valente, em Lisboa, aos 83 anos, de complicações provocadas por um enfisema pulmonar, confirmou a família ao PÚBLICO.