2021, o ano em que o combate à pandemia e as autárquicas comandam

Eleições presidenciais e autárquicas marcam o ano político, que arranca com o semestre da presidência portuguesa. A correlação de forças partidárias estará em jogo em Outubro e será definida pela capacidade de o Governo resistir ao desgaste do combate às crises.

Foto
O primeiro-ministro, António Costa, tem pela frente um ano decisivo para o país Nuno Ferreira Santos

O ano de 2021 será marcado pelo combate à pandemia de covid-19, em que se destaca a campanha de vacinação. Mas também pela tentativa de ultrapassar as crises económicas e sociais que surgiram na sequência da paragem económica provocada pelo confinamento das pessoas para evitar a o descontrolo de contaminações pelo vírus SARS-CoV-2.