Hong Kong entra no ano novo com festa ao vivo online

Se os visitantes não podem ir à passagem de ano em Hong Kong, a festa vai ter com os visitantes.

Foto
Tyrone Siu/Reuters

Provavelmente nenhum de nós vai apanhar um voo nas próximas horas para Hong Kong, mas, apesar de tudo — da pandemia, das restrições associadas e do ano 2020 em geral —, a cidade asiática, famosa pelas comemorações exuberantes, quer mostrar ao mundo que vai entrar em 2021 com estardalhaço.

Se os visitantes não podem ir à passagem de ano, a festa vai ter com os visitantes através de uma contagem decrescente que tem início às 23h do dia 31 de Dezembro e que será transmitido nas diferentes plataformas do Turismo de Hong Kong: site, Facebook e YouTube

Quando soar a meia-noite (oito horas de diferença para Portugal), a cidade dará as boas-vindas a 2021 com um vídeo de dois minutos onde são exibidos os marcos da cidade.

“A pandemia não nos impedirá de partilhar saudações festivas com o resto do mundo”, disse à Travel and Leisure Bill Flora, director do Turismo de Hong Kong que desta forma permite que todas as pessoas possam partilhar a “festa” em segurança em casa e enquanto praticam o distanciamento social. “Este novo formato de transmissão ao vivo foi projectado para garantir que as pessoas em qualquer lugar do mundo possam participar e também enviar uma mensagem positiva para o mundo”.

As comemorações acontecem dias depois de Hong Kong ter aumentado o período de quarentena obrigatória para 21 dias para todos os visitantes vindos de fora da China, informou a Reuters. A cidade também proibiu viajantes vindos do Reino Unido e da África do Sul devido à descoberta da nova variante de coronavírus.